Blog de integração dos participantes do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência - PIBID - CAPES, do curso de Letras da Universidade Federal do Pampa, Campus Bagé, com a Escola Estadual de Ensino Médio Frei Plácido e com a Escola Estadual de Ensino Médio Luiz Maria Ferraz - CIEP.

sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

A atual formação das crianças diante de tanta tecnologia

Através das leituras dos livros propostos, pode-se perceber a dificuldade em ter que ensinar aos alunos a lerem, escreverem, calcularem, se comunicarem e até a pensarem. Hoje, diante dos avanços tecnológicos é cada vez mais difícil fazer com que alunos, sejam crianças ou não, pensem ou simplesmete tenham a habilidade do pensamento.
Além da tecnologia, muitos pais não influenciam seus filhos a aprenderem, como podemos perceber no seguinte trecho do livro La tragedia educativa, p. 91:
" i No enseñen poesía a mi hijo! i Él será comerciante como yo!"
Também se pode aqui descrever, que além da grande importância em aprender, também é de extremma relevância a forma como se aprende.
Um outro recho que marca o "estilo de aprendizagem", está no trecho da p. 106:
"(...)Así como la escuela está centrada en el manejo del lenguage, la televisión manipuça imágenes. Assistir a la escuela es obrigatorio, mirar televisión es voluntario. Dejar de atender el maestro puede ser castigado, pero nadie castida pero no prestar atención al televisor(...)"
O computador de alguma forma contribui para o aprendizado do aluno, porém, há muitas formas de como desviar a atenção desse aluno diante de um livro, por exemplo.

2 comentários:

HQ-Objetivo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Ânderson Martins disse...

Barbara lembrei de uma discussão que fizemos na cadeira de conversação na qual tive de defender os benefícios da internet.
Primeiro não acredito que seja função do professor, televisão ou computador de ensinar o aluno a pensar. Podemos sim, desestabilizados “abrindo” seus horizontes com outras idéias ou diferentes formas de encarar problemas.
Em segundo lugar entrando na questão de computadores, que é uma questão muito ampla, fiquei pensando na resposta que dei em aula que acredito caber aqui:
Existem softwares!
A criança não precisa ficar solta na internet ou em jogos lascivos a seu desenvolvimento. Existem vários softwares que são de controle dos pais hoje em dia. A informática pode ser encarada sim como uma importante ferramenta de aprendizagem e com o auxilio certo seja por parte dos pais seja por parte do professor pode ser uma grande porta para o conhecimento.

16 de fevereiro de 2011 13:41

Postar um comentário

Seguidores