Blog de integração dos participantes do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência - PIBID - CAPES, do curso de Letras da Universidade Federal do Pampa, Campus Bagé, com a Escola Estadual de Ensino Médio Frei Plácido e com a Escola Estadual de Ensino Médio Luiz Maria Ferraz - CIEP.

quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

La tragedia educativa


Durante a leitura do livro "La tragedia educativa", pude perceber a grande influência da televisão na vida das crianças e o desinteresse em aprender dentro da escola através dos livros didáticos. Os meios tecnológicos influenciam muito mais que o próprio livro.
No mundo atual, é muito importante tanto saber trabalhar com os meios tecnológicos quanto estudar, o que está se tornando cada vez mais difícil, principalmente com o grande avanço da internet. É de se notar a diferença entre as pessoas que leem (estudam) e as pessoas que se interessam muito mais pela tecnologia.
Em um trecho do livro, consta que as modernas tendências educativas demonstram que o ensino deve estar centrado na criança, sendo assim, ele é quem deve decidir o que quer aprender.
"Los hijos son el espejo de los valores de sus mayores."

1 comentários:

Marco Bonito - O Informívoro disse...

Desculpe, mas esta é uma visão pré-histórica sobre a questão. Os professores é que ainda não perceberam que não detém mais "todo" o conhecimento" e que precisam se atualizar nas pedagogias e na didática.

Esta forma de ensino com "cuspe e giz" é a mesma desde Aristóteles e Platão, as linguagens mudaram pós era midiática e é certo que os estudantes aprendem mais facilmente com as publicações midiáticas, sejam na TV ou na internet do que com professores despreparados e com pavor das novas tecnologias...

9 de fevereiro de 2011 07:48

Postar um comentário

Seguidores